Mensagem da mamãe

Obrigado por nos visitar e volte sempre!!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Quer furar a orelha do seu bebê sem sair de casa?


Inspirada pelo post do furo na orelha da Laura, encontrei uma equipe bem bacana que faz este trabalho à domicílio, com técnica, carinho e muito cuidado para os pequenos. Segue a entrevista que fiz com a Marcinha Silveira do "Furo de Orelhinha".

Para quem não conhece o que é o Furo de Orelhinha?
Marcia- O site Furo de Orelhinha foi criado para atender uma necessidade dos pais que buscavam profisionais de qualidade que atendessem em domicílio para colocação dos brincos.
Com o problema identificado, trouxemos a solução que é prestar um atendimento especializado com total segurança e comodidade, proporcionando bem-estar e tranquilidade para mamãe e o bebê.

O que diferencia o trabalho da equipe Furo de Orelhinha da colocação de brinco em farmácias?
Marcia-O Furo de Orelhinha leva para as mamães conforto,ou seja, não precisar sair de casa, e contar com um serviço técnico e altamente tranquilo para a colocação dos brincos.
O local onde fura orelhinha em Farmácias nem sempre esta adequado, pois sempre contém aquela movimentação do estabelcimento, geralmente são em locais que outras pessoas vão tomar inalação,injeção ou medicação,e Então o Furo de Orelhiha, em colocar os brinquinhos em casa, sem pressa, deixando o bebê bastante a vontade.

O que é a técnica Auriculoacupuntura?
Marcia-A Auriculoacupuntura é uma prática simples e de extrema eficácia que consiste no estimulo de pontos de energia localizados nas orelhas.
Trata-se de uma técnica associada aos conceitos da medicina oriental, segundo a qual nosso corpo possui uma energia vital que nos garante o estado de saúde e bem estar, podendo ser trabalhada em micro sistemas energéticos, como no caso do pavilhão auditivo.
O local correto da colocação dos brincos é no ponto do olho, que nos deixa com olhar mais apurado (como faziam os piratas da antiguidade com seus brincos).
E utlizamos o local correto para colocar os brinquinhos tanto em bebês quanto de adultos!

Vocês atuam em que região de São Paulo?
Marcia-Atuamos em toda a Cidade de São Paulo, inclusive as regiões mais próximas da Cidade como ABC ou Osasco por exemplo, mas recomendamos que entrem em contato para que verifiquemos sobre a região.

Os brincos para o primeiro furo em bebês devem ser específicos?
Marcia-Recomendo que seja colocado para o primeiro furo os brincos do system 75, por serem praticos,seguros e um procedimento totalmente estéril, porém se os pais optarem por colocar o próprio brinco, deverá ser brincos da linha baby.

A família pode solicitar que usem o próprio brinco, o que ele deve ter?
Marcia-O próprio brinco deve ser feito exclusivamente para bebês, evitando modelos parafusados ou modelos extramente grossos, lembrando que a pontinha no brinco deve ser feito no próprio estabelecimento da compra do brinco.

Vocês também fazem o 2° furo em adolescentes, o que é necessário, caso a pessoa queira usar o próprio brinco?
Marcia-O Site Furo de Orelhinha apresenta diversos modelos para adultos e adolescentes que desejam fazer o primeiro ou segundo furo,com um preço muito especial,para que não deixem de colocar brinquinhos na familía inteira! Os brincos já vém acoplados no próprio dispositivo de colocação,por este motivo não colocamos com o próprio brinco.

Deixe os endereços para que as mamães e futuras mamães possam entrar em contato e saber mais sobre o Furo de Orelhinha
Marcia-O Furo de Orelhinha pode ser conhecido no site www.furodeorelhinha.com.br ,que contém fotos, vídeos, depoimentos das mamães que aprovaram o trabalho, dicas e muito mais! Podem entrar em contato pelo telefone: 11 5824 - 3953 e também pelo e-mail marcinha_silveirah@hotmail.com

domingo, 25 de julho de 2010

Papo de mãe: O dia do brinco

Ontem levamos a Laura para furar a orelha, já estava protelando a ida à farmácia a mais de um mês(e quanto mais tarde pior é), então tomei coragem e fomos. Sei que não dói muito mas, sou do tipo sofredora (nem as vacinas eu gosto de ver), fico com o coração na mão quando ela chora nessas horas.



Tudo pronto e lá fomos nós, escolhemos um brinco e entramos na salinha...papai pegou a Laura ajeitou no colo. Ela ficou apreensiva, parecia que estava em mais uma sessão de vacinação, sabe, sala branca, cadeira, gente de jaleco, papai com ela no colo...



Desinfetando a orelhinha, com aquele álcool geladissimo ela já começou a reclamar...depois veio o clic...e um brinco já estava posto



Deu tanta dó, ela chorou d+, talvez pelo susto do barulho, talvez pelo brinco mesmo...trocamos de posição e clic...



Ela chorou de prender o ar, ficar vermelhinha e as lágrimas correrem...depois disso pesamos e descobrimos que a gatinha já está com 6,150g. Fim do dia.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Papo de mãe: Será que vem dentinho por aí?


Gente estou tão atarefada que nem posto mais mil coisas num único dia, rsrs. Mas hoje resolvi postar algo que preciso dividir com todo mundo...a Laurinha não para de coçar a boca com os dedinhos...será que vem dentinho ai? Por aqui estão dizendo que ela é muito nova pra isso mas quem liga...se for dentinho mesmo seria muito bacana. Já pensou?

Minha baby de dente com 3 meses de idade? Ai, ai...infelizmente terei de esperar mais um pouco, a consulta dela no pediatra ainda é 19/08. Já fazem dias que ela está coçando a gengiva com tudo que encontra, quando vem no nosso colo gruda na nossa mão e fica...ou no braço, ou no pescoço, rsrs

Se está sozinha ela fica com a mão, aprendeu a esticar os dedinhos e usa o indicador fazendo uma espécie de cócega no cantinho da boca...

Vou me despedindo deste momento super coruja...

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Entrevista com Renato Kaufmann desvenda o lado paterno da gravidez


O Coisas de Mãe Coruja aproveitando o lançamento do livro "Diário de um grávido", hoje na Livraria Cultura, entrevistou o autor do blog homônimo, Renato Kaufmann.

Sobre o autor
Renato Kaufmann - Mestre em Comunicações Interativas pela Universidade de Nova York, com especialização em narrativas, é jornalista e escritor. Escreveu para a Folha de S.Paulo, o Jornal da Tarde e as revistas +Dinheiro, Set e Superinteressante. Foi correspondente internacional do iG, cobrindo cibercultura e biotecnologia, mas sempre preferiu ficção. Além de pai da Lucia e padrastro da Maria, Renato é sócio-fundador da TSI 3D – produtora de animação premiada com dois Cyber-Lions no Festival de Cannes de 2007.

1. Como surgiu a idéia de fazer um blog entitulado “Diário de um grávido”?
Renato Kaufmann- Quando eu recebi a notícia entrei no proverbial pânico, mas ao mesmo tempo achei a loucura do momento muito rica, algo que valia a pena anotar, ao mesmo tempo que escrever é terapêutico. O nome foi o que me pareceu mais apropriado na hora...

2. Você imaginava que o blog tomaria essas proporções?
Renato Kaufmann- Não imaginei, inclusive nem divulguei o blog, era uma coisa pra mim mesmo, mostrei pra família e amigos mais próximos. Algumas pessoas indicaram pra outras e quando eu vi, estava acompanhado por leitores.

3. E como foi a transição das páginas da web para as prateleiras das livrarias? Você já tinha em mente transformar o blog em livro?
Renato Kaufmann- Sempre tive vontade de escrever livros, mas não escrevi o blog pensando nisso. Eu escolhi alguns textos do blog que deveriam estar no livro e a maioria deles foi reescrita. Além disso escrevi bastante coisa nova, mais da metade do livro é totalmente inédita. Acho que tive sorte também de achar uma editora que acreditou no projeto.

4. Você cita bastante a questão do pânico, você acredita que é o sentimento que mais define um pai de primeira viagem?
Renato Kaufmann- O que mais define é a paixão, mas o pânico permeia tudo!

5. No livro um dos motivos de pânico é saber que o bebê seria uma menina, quais as dificuldades em criar uma menina?
Renato Kaufmann- Com o que sei hoje, tenho a impressão que criar uma menina é mais fácil. No aniversário da Maria, (9), achei os meninos uns selvagens!

6. Como é este processo de gravidez paterna, em que momento caiu a ficha de que você seria pai?
Renato Kaufmann- Então, como eu digo no livro, são fichas intermináveis! A notícia, o ultrassom, a primeira roupa, o parto. No homem a gravidez começa como uma idéia que vai sendo interiorizada, na mulher, antes da idéia já tem um feto ali...

7. Durante a gravidez as mulheres ficam mais sensíveis, por causa dos hormonios, como foi pra você lidar com este período emocionalmente conturbado?
Renato Kaufmann- Foi um exercício e um aprendizado de paciência. O homem tem que fazer o possível e o impossível pra ser um porto seguro nesse mar conturbado, mesmo que castigado pelas ondas.

8. A sua mulher, Ana, o que achou do livro e do blog?
Renato Kaufmann- Ela adorou o livro e gosta muito do blog, apesar de discordar no quesito “quantidade de ficção”. Mas melhor perguntar pra ela!

9. No blog, você fala da leitora crítica que é sua enteada, inclusive tem as observações dela sobre o livro. Como é essa relação? Ela tem ciúme da Lúcia?
Renato Kaufmann- Minha relação com a Maria é ótima, a gente se dá muito bem. Padrasto não é pai, ela tem pai e mãe, então é um lugar mais “light”, ainda que tenha seus momentos ásperos. A gente joga videogame juntos. Ela tem um ciuminho da Lucia, natural. A Lucia que tem um ciumão dela! Se a Maria senta no colo da Ana, a Lucia vem tirar na base da bundada.

10. O que mudou na sua vida com a chegada da Lúcia?
Renato Kaufmann- Muito, muito mesmo. Mas principalmente, eu. Eu me tornei uma pessoa da qual eu gosto mais, ainda que uma pessoa muito mais cansada.

11. E agora como é a relação da Lúcia com seus gatos?
Renato Kaufmann- Lucia persegue os pobres pela casa, que começam a fugir cada vez menos. Ela até já de um abraço no mao tse tung, achei que ele ia partir no meio ou partir ela ao meio.

12. Fica aqui um espaço para você vender seu peixe, apresente o livro para quem não conhece
Renato Kaufmann- O Diário de um Grávido é um livro que conta, com humor sincero, cáustico e apaixonado, como é atrapalhada e emocionante a gravidez do ponto de vista masculino e o processo de tornar-se pai. Do pânico da primeira notícia até alguns dias após o nascimento, passando pelo primeiro ultrassom, o sumiço do obstetra, a intrigante placenta, as outras grávidas, hormônios ensandecidos e muito mais, o livro traz uma perspectiva nova sobre um tema praticamente universal.

13. Deixe uma mensagem para os pais de primeira viagem...
Renato Kaufmann- Lembrem que a humanidade sobreviveu até hoje apesar de todos os pais do mundo. Falando nisso, pais de todo mundo, zumbi-vos!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Quer ganhar um super kit para seu filho(a)?



Para particiar da Promoção: Opus/Baby Poppy, a linha ideal para a mamãe coruja é só se inscrever aqui

Mande uma frase bem criativa, pois o resultado sai dia 10/08.

Papo de mãe: Dia do amigo, dor de cabeça e sustentabilidade



Feliz Dia do amigo, a todas (os) que acompanham o blog, que nossos filhos cresçam saudáveis, lindos e inteligentes...ah claro que uma dose de sapequice também vale, né?

Aos que ainda não tem babys que se empolguem e povoem mais este planeta, rsrs (to ficando uma mãe louca, né?).

Gente eu aderi a campanha Evite o câncer , é muito bacana, entrem no site, assinem a campanha e ganhem um pingentinho de celular.



Hoje o dia foi punk, acordei cedo com o celular despertando(às 6h) mas desliguei e voltei a dormir, a Laurinha acordou e dei mamá e a coloquei na minha cama. Voltei a dormir e acordei assustada em cima da hora pra consulta na G.O. Convenci meu marido a ficar com a Laura enquanto eu ia pra consulta, troquei ela, dei mais um pouco de mamá e fui.

Imaginem só, atrasada...cheguei e fiquei sabendo qu deveria chegar com 1h de antecedência para ser atendida portanto tive de remarcar =[ / Já me estressei logo cedo...para a viagem não ser perdida eu marquei o retorno da Laura no pediatra.

Cheguei em casa e ...já me pediram pra comprar pão, lá fui eu na padaria...depois trabalhei um pouco e fui almoçar, me preparar pra ir receber meu salário na editora. Arrumei minha bebê, mala pronta e fomos...aí eu peguei a direção errada(odeio fazer isso) e andei o dobro com a Laura no colo. Mas quando chegamos lá foi uma festa, a Laura fez o maior sucesso, ficou rindo, brincando, se sentindo uma estrelinha com todos os olhares e atenção voltada pra ela.

Voltei pra casa morrendo de dor de cabeça e acreditem se quiser...tinha panettone...adoooooooooooooro. Comi e fui deitar um pouco. Agora, ainda com dor de cabeça, estou aqui blogando...



Uma coisa super bacana que preciso falar, vocês sabem que o supermercado Assaí está numa campanha pela sustentabilidade? Eles cobram pelas sacolinhas plásticas e elas são bem maiores, vendem eco bag's e no geral colocam as compras dentro de caixas de papelão. A-D-O-R-E-I!!!

Só tem que ter carro, né? Mas como foram compras do mês usamos o taxi, rsrs(estou louca pra ter um carro)

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Papo de mãe: O 1° selinho a gente nunca esquece

Ontem recebi um selinho super fofo da Renata, minha nova amiga blogueira. E como solicitado nele devo dizer 5 motivos que me fazem amar ser mãe. Lá vão:

1° Adoro aquele cheirinho de bebê que invade a casa toda
2° Fico toda boba quando vejo aquele sorriso banguelinha pra mim
3° Me sinto a pessoa mais importante do mundo quando minha pequena está mamando no meu peito
4° Amo gastar um bom tempo olhando ela dormir
5° Ter aquele serzinho frágil, nos seus braços depois de carregá-lo nove meses na barriga é uma sensação inexplicável( só quem é mãe sabe).


Preciso passar o selinho adiante, né? Mais 5 mamães devem responder a pergunta. Serão:
1° Ana- Viajar é tudibom
2° Vanessa Caubianco- mamy de gêmeos
3° Carol Garcia- Viajando na maternidade
4° Chris Ferreira- inventando com a mamãe
5° Néinha Figueiredo - Presente de Deus

************************************************

Renata, já deixei um recado no seu blog, parabenizando-a pelos quadrigemeos e lamentando a partida da Rebecca. Saiba que pode contar comigo, tah?

************************************************

domingo, 18 de julho de 2010

Promoção: Opus/Baby Poppy, a linha ideal para a mamãe coruja


Para participar você deve seguir o blog, deixar seu nome e nome do bebê* e completar a frase:
coisa de mãe coruja...

EX: ...achar o sorriso sem dente do seu bebê o mais lindo do universo"/ Luma- mãe da Laura

O resultado sai dia 10/08, aqui no blog - portanto fique de olho. A ganhadora terá um prazo de 7 dias para entrar em contato**, passado este tempo perde o prêmio e será realizado novo sorteio.

O Kit contém:

1 balde com 450 lenços umidecidos em formato de cachorrinho
1 refil para troca
1 pote de elefantinho com 150 lenços umidecidos
1 talco de 200g de elefantinho
1 pacote de lenço íntimo para mulher
1 álcool antisséptico em gel

* É importante deixar seu nome e o do bebê pois temos a versão azul e a rosa. Caso ainda não tenha escolhido o nome informe o sexo do bebê
** Este contato é importantíssimo pois será através dele que pegaremos seus dados para envio do prêmio pelo correio.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Papo de mãe: Nunca é tarde para fazer boas escolhas


Já estava rolando na net a um tempo esta campanha e eu confesso que gostei mas não tinha parado e dado o devido crédito que ela merece(burrice ou lerdice, à parte), depois de receber um comentário de uma Xará (não não foi a Luma de Oliveira), fui visitar seu blog...e num é que tinha um post dela falando da campanha?

Pois é, inevitavelmente eu me deparei novamente com a bendita, rsrs...e desta vez fui até o site original e assinei o manifesto(criei vergonha na cara, né?). Decidi uma coisa...iria colocar as fotos/banners da campanha aqui...




Me identifiquei tanto com tudo, que parecia que estava vendo um filme passando na minha cabeça. Só quem é mãe sabe, as pessoas não nos levam à sério. Acham que somos exageradas...mas percebi que é coisa de mãe viver na angústia de querer fazer tudo, e como se não bastasse fazer tudo com perfeição, né?



Se trabalhamos é porque não damos a atenção devida aos nossos pequenos, se prolongamos nossa licença maternidade é porque somos preguiçosas, estamos usando o bebê como desculpa pra não fazer nada...


Acho que a maternidade deveria ser levada mais a sério, e não só ser vista como algo bonito que merece homenagens nos Dia das mães, devia pelo menos tentar ser compreendida pelo nosso ponto de vista, tipo um olhar materno(ou maternal) sobre a maternidade mas este olhar conseguir atingir aqueles que não entendem a plenitude do que é ser mãe. Nossos amores, angústias e alegrias que fazem parte do pacote, né?


BlogBlogs.Com.Br

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Mariana Valentini fala das delícias de fotografar gestantes


Hoje o Coisas de Mãe Coruja traz uma entrevista com uma fotógrafa especializada em gestantes e bebês. Sabe aquela vontade íntima que todas nós temos de fotografar nossa barriga, o nosso bebê...enfim uma forma de registrar estes momentos tão especiais e únicos em nossas vidas? Mariana Valentini traz dicas para gestantes e mamães, confira:

Você fotografa gestantes, este sempre foi seu foco? Como começou?
Mariana Valentini- Sou artista plástica de formação e trabalhei em diversas áreas, principalmente com arte educação.

Na gravidez do meu filho Juliano me interessei pela fotografia de gestantes e a partir daí comecei a pesquisar coisas na net e achei fotografias muito lindas e também fotografias muito cafonas.

Convidei 2 amigas fotógrafas para me clicar. Meu marido é fotógrafo e me deu várias dicas. Produzi meu primeiro ensaio, mas desta vez a modelo era eu. A partir daí resolvi me especializar em fotografia de gestantes e bebês e tenho meu estúdio em São Paulo.

O que você procura ao fazer um book com grávidas?
Mariana Valentini- Procuro fotografar a mutação do corpo, sem muita ênfase ao rosto da mulher.

Quais as melhores possíveis?
Mariana Valentini- Em pé e sentada. Não sou muito fã das deitadas, só gosto quando tem pétalas.

Que dica você daria as mulheres que querem fazer um book?
Mariana Valentini- Escolher uma fotógrafa mulher se for envergonhada, gostar do resultado das fotos e do estilo da fotógrafa, álbum, extras você faz depois, o que importa mesmo são as fotos e o bom gosto.

Você faz fotos somente no estúdio ou atende na residência?
Mariana Valentini- Faço somente em estúdio. Até pensei em fotografar partos, mas meu medo é eu estar com uma grávida no estúdio , tocar o telefone e eu descobrir que eu tenho que sair correndo pois a grávida está tendo o bebê. Não seria compatível...

Você faz fotos de bebês também, o que muda? O clima, cenário, o olhar?
Mariana Valentini- Você tem que ter mais paciencia. O olhar muda também, pois gosto de captar o corpinho e as expressões faciais. E quando as crianças tem 1 ano e meio por exemplo, é super difícil porque elas não param.

Deixe seus contatos para que as mamães e futuras mamães possam entrar em contato
Mariana Valentini- Visitem meu site: http://www.marianavalentini.com
E meu blog: http://www.marianavalentiniphotography.blogspot.com

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Dificuldades na amamentação?


Rachaduras no bico do seio:
* As rachaduras aparecem quando a criança não está pegando bem no peito da mãe
* Se a pega do bebê não estiver correta, procure corrigi-la.
* Se o peito estiver muito cheio, tornando a mamada difícil, retire um pouco do leite antes, para ajudar o bebê a mamar.
* Se não houver melhora, procure ajuda num serviço de saúde.

Seios empedrados:
* Quando isso acontece, é preciso esvaziar bem os seios.
* Não deixe de amamentar, ao contrário, amamente com frequência, sem horários fixos, inclusive à noite.
* Retire um pouco de leite antes de dar de mamar, para amolecer a mama e facilitar para o bebê pegar o peito.
* Se houver piora, procure ajuda num serviço de saúde.

Pouco leite:
* Para manter sempre uma boa quantidade de leite, amamente com frequência, deixando o bebê esvaziar bem o peito na mamada. Quanto mais o bebê suga, mais leite a mãe produz.
* Não precisa oferecer outro alimento(água, chá, suco ou leite).
* Se o bebê dorme bem e está ganhando peso, o leite não está pouco.

Leite fraco:
* Não existe leite fraco! Todo leite materno é forte e bom. A cor do leite pode variar, mas ele nunca é fraco.
* Nem todo choro do bebê é de fome. A criança chora quando quer aconchego, quando tem cólicas ou sente algum desconforto.
* Sabendo disso, não deixe que idéias falsas atrapalhem a amamentação.

Dica: Procure conversar com outras mulheres(amigas, vizinhas, parentes etc) que amamentaram bem e durante bastante tempo seus bebês. A experiência delas pode ajudá-la. Em caso de dificuldade procure orientação no serviço de saúde.

Fonte: Ministério da Saúde

terça-feira, 13 de julho de 2010

O que o bebê consegue fazer do nascimento aos 2 meses de idade?


O bebê reconhece e acalma-se com a voz da mãe, olha o rosto das pessoas que estão próximas. Presta atenção quando ouve sons e assusta-se com ruídos inesperados e altos e já responde o sorriso com outro sorriso.

Desenvolvendo-se com afeto
* Dêem importância à troca de olhares entre vocês e seu bebê, porque é desse modo que se iniciam as suas primeiras"conversas".
* Prestem atenção ao choro do bebê e tentem identifica as diferentes necessidades ligadas aos distintos choroos.
* Não se inibam em falar com seu filho daquele jeito carinhoso, aparentemente infantil, tipico da linguagem das mães. Esse jeito de falar faz parte da profunda intimidade que se cria entre vocês e seu bebê.

Desenvolvendo-se com segurança
* Existem hábitos e atitudes que promovem um ambiente seguro e saudável para o seu bebê.
* Não deixe que ele fique sozinho em cima de qualquer móvel, nem por um segundo.
* Nunca dê remédio que não tenha sido receitado para ele.
* Para evitar queimaduras, antes de colocá-lo no banho, verifique sempre a temperatura da água.
* Nunca use talco, pode causar sufocamento.

Fonte:
Ministério da Saúde

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Bebê em desenvolvimento: 2 mês



Mês: 2
Altura: 56 cm
Peso: 4,8 kg

Desenvolvimento
Mantém a cabeça erguida por mais tempo e, quando deita de bruços, é capaz de levantar o rosto.

Esperto, percebe um ruído com rapidez. Sete em cada dez bbês emitem sons como: "he", "hu".

Características
Chora e sorri. Os acessos de choro acontecem por causa das cólicas e quase sempre tem hora marcada: final da tarde, começo da noite. Boa parte dos bebês sorri em resposta a outro sorriso. Escutar a conversa de um adulto também pode fazê-lo rir.

Curiosidade

A maioria movimenta os olhos e a cabeça para acompanhar o deslocamento de um objeto. Seis em cada dez demonstram reconhecer o rosto da mãe.


PS: Coloque um móbile no berço para que o bebê acompanhe os movimentos, escute músicas, isso estimula os sentidos.

__________Minha Experiência______________

A Laurinha já era bem espertinha com 2 meses, só queria ficar de pé...e olha q ela fazia uma força danada e ficava durinha. Quando colocávamos de bruços ela fazia uma força...que chegava a bundinha levantar, os bracinhos é que não tem estrutura para levantar ainda.

Isso sem contar as risadinhas e sorrisos deliciosos que ela dá, principalmente quando apronta...e agora ela acha que fala também...

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Papo de mãe: amamentação


Esse fim de semana fui levar a Laurinha pra bisa conhecer. Tudo lindo, maravilhoso, ar piro, mto verde, familia...e meu marido resolveu passar na casa de um amigo que tb tem um bb.

Lá fomos nós, que delícia trocar informações com pais de bba com idade tão próxima(4 meses o Pedro e a Laura 2,5). Numa das conversas com a mamãe Sheila descobri que fui muito sortuda por ter pessoas que me orientaram quanto ao preparo das mamas.

Pouca gente sabe mas isso é fundamental para sua saúde e a do bebê. Não foi o prieiro relato que ouvi de peito rachado, em carne viva, sangrando, muita dor...o momento que deveria ser de prazer total entre mãe e filho, se transforma numa cena do filme Tubarão assassino(o bb com a bocona pronta para arrancar um pedaço do seu peito).

Eu aprendi algumas coisas para deixar as mamas mais resistentes. Vamos a receita, rsrs:

Costure um pedaço de jeans em um sutiã que você usa bastante, que seja confortável(no começo pode parecer meio bizarro mas, vai ser útil, acredite em mim)

No banho use bucha vegetal nos seios(vai doer mas depois de um tempo você acostuma)

Esfregue a toalha nas mamas após o banho e não passe creme ou óleo na região dos bicos pois isso afina a pele

Sempre que possível tome sol nos seios, isso vai ajudar a fortalecê-los


Gente outra coisa importante é comprar protetor/absorvente de seios, pois quando começar a amamentar vai vazar leite...é sempre bom previnir...

Campanha: vote no blog, faça uma mãe feliz!!!

Fiquei pensando em algo bacana e prazeroso de fazer, peguei o movie maker e pronto...resolvi.

Fiz um video com fotos da Laura e outras tiradas do google, com uma música super fofa do "Balão Mágico- Minha Mãe".

Curtam o video e entrem na campanha ;)

video

Você é mãe?

De primeira ou muitas viagens?

Você sabe as angústias que sentimos ao engravidar, os enjôos, inchaços, cãimbras...

Sabe das delícias de sentir seu filho chutar ainda na barriga, de amamentar, de embalar...

escolher o enxoval, organizar chá de bebê, decorar o quartinho...

sofre com a hipótese da dor do parto antes da hora?

Normal, natural ou cesareana?

Imagina a carinha, olhos, boca, nariz...com quem parecerá?

Procura acumular o máximo de conhecimento possível sobre bebês, lendo, conversando com mães, assistindo filmes, fazendo cursos?

Então bem-vinda ao blog!!!

Quer lugar mais bacana do que a sala de uma mãe para discutir a maternidade?

Existe alguém mais coruja do que uma mãe com seu filho(a)?

Entre, leia, comente, participe...afinal este espaço é nosso!!!

Vote em http://coisasdemaecoruja.blogspot.com no prêmio Top Blog 2010

terça-feira, 6 de julho de 2010

Shiloh quer ser um menino





Depois de várias fotos e rumores de que a pequena Shiloh, de quatro anos, estaria se comportando como um menino, a mamãe Angelina Jolie comenta sobre o assunto e confirma a vontade da primeira filha biológica. "Ela gosta de se vestir como um menino. Ela quer ser um menino. Então, nós cortamos o cabelo dela curtinho. Ela gosta de usar tudo que seja de garoto. Ela pensa que é um dos irmãos", contou Jolie em entrevista a revista Vanity Fair.

Esta declaração gerou polêmica no mundo todo, como deixar uma criança fazer tudo o que quer? O casal Brangelina (Angelina Jolie e Brad Pitt) declarou para a revista Life & Style que ela insisti em ser chamada por John.

E aí, o que acham disso? Surgiram psicólogos, pedagogos, curiosos eafins para palpitar. Uns acreditam ser apenas uma fase, outros dizem que o incentivo dos pais podem induzí-la a se tornar um menino de verdade. O que fariam se fosse sua filha?

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Bebê em desenvolvimento: 1° mês


Nada mais importante do que saber se seu filho(a) está se desenvolvendo no tempo certo, crescendo, ganhando peso, altura. Para ajudar algumas mamães estarei colocando informações a respeito do crescimento mês a mês aqui no blog.

Mês: 1
Altura média: 54 cm
Peso médio: 4 quilos

Dsenvolvimento
A cabeça é grande e pesada, mas aos poucos, vai fortalecendo o pescoço. É cpaz de erguê-la quando está de bruços, já consegue mover simetricamente os pés e mãos. Vê somente sombras e apenas a uma distância menor de 30 centímetros.

Características
A respiração é irregular e barulhenta. Dorme a maior parte do tempo. Nada nem ninguém o deixa mais tranquilo do que a presença da mãe. Pode reconhecê-la pelo cheiro. De tanto chorar, vai descobrir ser esse seu melhor recurso para conseguir atenção.

Destaque
Tem dezenas de reflexos, como o que faz agarrar coisas com tanta força que seria capaz de se sustentar nas mãos.

________________________________________________________________
Minha experiência
No caso da Laura ela passou bastante do tamanho médio, ela nasceu com 52 cm. Em um mês já tinha 58cm. Mais de 4kg também. E uma esperteza sem tamanho.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Brasil x Holanda + juiz ladrão + Dunga mole = Brasil eliminado



Aqui em casa estamos surdos, vovó não para de gritar. Laurinha mamando tranquilamente, mamãe teclando furiosamente...e o jogo?

Muita tensão, roubo, stress, jogadores perdendo a cabeça e Brasil fora da Copa 2010 =[ / será que vai rolar um mural do sofrimento? As caras aqui não são das melhores, confesso que não gosto de jogos de futebol mas os da seleção eu até que dou uma espiadinha.

Muito choro no bar aqui embaixo, xingamentos de sobra e tristeza, muita tristeza...vocês precisavam ver a carinha da Laura quando acabou o jogo e viu aqueles rostinhos conhecidos todos tristes, chorando, com raiva...vou colocar a foto...

ah, quase me esqueci...


Estes dias tem sido tão difíceis, a Laura tomou as vacinas de 2 meses, o pai levou (pq eu confesso que tenho dó, antes que falem algo, eu sei que é pro bem dela mas a carinha de choro me parte o S2). Foram 4 vacinas de uma vez só, coitadinha, duas na perna, uma em cada e duas de gotinha. No calendário oficial constam 3 para 2 meses mas agora estão dando contra pneumonia tb para os bebês, o pior é que tem as famosas reações...

E não é que deu? Minha gatinha está uma chatinha de galoxa, não consegue dormir direito, nem deixa a mamãe fazer isso ¬¬ / Teve um pouquinho de febre, e tah mais manhosa do que de costume...louca por um colinho. Sabe, tah difícil tentar conciliar, trabalho, filha e casa... acho que muitas passaram pelo que estou passando...

O pior de tudo é que fui eu que resolvi trabalhar antes da hora, não suporto a idéia de ter que pedir dinheiro para comprar minhas coisas, pra comer um chocolate...é horrível. Estou trabalhando em casa mas não posso faltar com minhas outras obrigações. Meu marido ainda acha ruim quando reclamo que não aguento mais ficar com a Laura no colo, ou que ela não para de chorar...duvido que ele aguentasse um dia no meu lugar. Não que ele seja um pai ausente mas faz o papel bonzinho, pegou, brincou, balançou e pronto, me ajuda a trocar, dar banho quando peço mas se ele tah no pc ou vendo tv é quase um parto...

Acho que estou sobrecarregada =[ / Queo fazer mais do que consigo e termino me sentindo impotente, frustrada...agora mesmo vou parar de blogar pra acudir mniha princesa que está aos berros no quarto.

Fui...